Dificuldade para respirar pelo nariz, sinusites frequentes, roncos, dores de cabeça? É possível que a pessoa tenha rinite alérgica, aumento das amigdalas e/ou adenoides ou desvio do septo nasal. Tumores e malformações craniofaciais e nasais são causas menos frequentes mas também podem ocorrer.
Cuidados ambientais como evitar o contato com pó, poeira, mofo, cheiro forte, fumaça de cigarro, tirar tapetes, carpetes e cortinas, trocar cobertor por edredon e realizar lavagem nasal diariamente com soro fisiológico podem amenizar os sintomas, mas existe um tratamento específico para cada uma das causas.

Em alguns pacientes, é indicado o uso de medicações, mas em outros é necessária a cirurgia – aumento das amígdalas e adenoides, desvio de septo, pólipos nasais e sinusite crônica são alguns exemplos.
E lembre-se: o correto é respirar pelo nariz, promovendo a filtração, aquecimento e umidificação do ar, além de causar uma melhor expansão dos pulmões para receber o oxigênio inalado. No nariz também ocorre a primeira proteção contra as infecções respiratórias, por isso é muito importante manter essa via desobstruída!