Em um primeiro momento, observe se a criança sofreu ferimentos mais graves no rosto ou na cabeça. Em caso afirmativo, ele precisará de um atendimento médico urgente. Em seguida, limpe a região com gaze e pressione o local para conter o sangramento – se houver. Importante: se algum dente cair, não o recoloque na boca. Armazene-o em um pote com um pouco de saliva, soro ou leite e leve a criança imediatamente ao dentista. Enquanto ela não tiver sido atendida por um profissional, só ofereça alimentos líquidos e pastosos.

Como evitar? 


Infelizmente, acidentes acontecem. Mas, é sempre bom ficar atento. Se o seu bebê já começou a ficar de pé e se apoia na parede, ensaiando os primeiros passinhos, certifique-se de que o ambiente é seguro pra ele, sem riscos aparentes e nem obstáculos.  
Quando a criança é um pouco maior e os esportes e as brincadeiras estão presentes no dia-a-dia, ensine-a a proteger a boca/rosto com as mãos na hora da queda.

Dicas: 

-Não use andadores, pois são bastante perigosos.
– Bloqueie os acessos a escadas.
– Afivele o cinto de segurança nos carrinhos e cadeirinha do carro, mesmo se for ficar por poucos minutos.
– Evite que a criança ande com objetos na boca (chupeta, pirulito, colher, escova de dente, etc.).
– Observe a arcada do seu filho, crianças com os dentes superiores mais avançados tem uma probabilidade maior de bater em uma queda.